VOCÊ JÁ SABE O QUE É KOMBUCHA?

Já tem um bom tempo que o Kombucha virou febre. Encontramos em restaurantes, lojas de produtos naturais, sua amiga toma, a vizinha faz em casa… mas afinal, o que é Kombucha?!

O Kombucha nada mais é do que uma bebida fermentada, rica em propriedades probióticas que ajudam tanto na imunidade quanto no funcionamento do intestino. O Kombucha é um fermentado do Chá Preto que normalmente vem adicionado de Folhas ou Frutas para agregar sabor e propriedades fitoterápicas. Este chá também pode ser modificado, de acordo com o objetivo do fabricante.

Arrisco dizer, com liberdade poética, que o Kombucha é a versão Chá do Kefir e, nesse caso, a cultura de bactérias se chama Scoby. A fermentação continua sendo o ponto alto do processo e, os benefícios, por envolverem o intestino e a imunidade, vão longe. Vou colocar alguns dos mais estudados abaixo:

  • Contribui no emagrecimento pois um intestino saudável previne a obesidade.
  • Ajuda no combate da gastrite por atenuar a bactéria H. pylori.
  • Previne infecções intestinais por auxiliar no combate a bactérias e fungos nocivos.
  • Auxilia a função detox, por se ligar a moléculas tóxicas sendo eliminada pela urina e fezes.
  • Melhorar o funcionamento do intestino por equilibrar a flora intestinal.
  • Reduz o stress e pode combater a insônia, mais uma vez pela saúde intestinal que está diretamente relacionada à secreção de neurotransmissores.
  • Previne infecções urinárias por equilibrar a flora intestinal, favorecendo tanto a imunidade quanto a translocação bacteriana.

Mas, todos os benefícios se encontram e devem ser aproveitados quando o Kombucha é feito de forma séria e sem intenção de ser uma bebida doce para substituir refrigerantes. O que quero dizer com isso?! Algumas empresas, para tornar o produto mais palatável, não deixam a fermentação acontecer de forma total, tornando assim a bebida naturalmente ácida e com leve sabor de vinagre… em uma bebida doce.

É natural e esperado que nos ingredientes tenha o açúcar. Isso porque as bactérias irão utiliza-lo para fermentação. O esperado também é que elas usem todo o açúcar, resultando assim numa bebida com baixíssimo impacto glicêmico. Portanto tomem cuidado com o que bebem por ai, vejam se a bebida é muito doce ou, se a beirada do copo fica pegajosa… indicando que contém muito açúcar.

Espero ter ajudado, é sempre bom entendermos o motivo de usarmos ou consumirmos determinados alimentos ou suplementos… e quando o uso passa a ser pura moda.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.